Login
Senha






CBNews

União sobe teto para financiar imóvel

13/05/2011

Aguardada há mais de um ano, a medida que
aumenta o valor máximo do crédito imobiliário
financiado com recursos do FGTS dentro do
programa Minha Casa, Minha Vida foi aprovada
nessa quarta-feira, dia 2. A correção atende à
reivindicação das construtoras e, na prática, pode
ampliar a extensão de interessados e também lazer
com que a compra dos imóveis pese mais no bolso.

Para Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, o
teto passou de R$ 130 mil para R$ 150 mil. Para
municípios como Santa Maria ou Caxias do Sul, no
interior do Estado, por exemplo, o valor máximo
será de R$ 130 mil. As regiões metropolitanas de
São Paulo, Rio e Brasília terão o maior preço: R$
170 mil.

A justificativa do Conselho Curador do FGTS, que
aprovou a medida ontem, é proporcionar a
equivalência aos valores do mercado imobiliário e
cobrir o déficit na habitação popular. O valor estava
congelado há três anos. Desde então, houve
aumento no preço dos terrenos, dos insumos
básicos e da mão de obra.

Mas a correção desse teto não foi acompanhada de
um reajuste nos subsídios bancados com dinheiro
do fundo e não houve aumento da renda das
famílias que podem ser beneficiadas pelo
programa.

Rua São José, nº 367 - Centro - Guaíba/RS - Telefones: 3480 4019 ou 3491 2723
Desenvolvido por L@nTec Informática